Monday, September 25, 2006

me amanhece ...

me amanhece na
pele e memória
teu toque. pousa ali
cotidiano

(ave escrita no céu)

cotidiano
me assombra na
memória o teu
toque. pousou ali

(ave rabisco em mim)

e permaneceu.
me conforta a
pele e memória
teu toque e teu rosto

(ave pousada em mim)

Eiichi

http://mizunooto.blogspot.com/
...

3 comments:

Nilson Barcelli said...

Uma boa escolha.
Já vi que o autor escreve muito bem poesia.
Um abraço.

Márcia said...

um poema belo como o poeta que o escreveu.

adelaide amorim said...

belo poema tocado pela habitual delicadeza. você nunca decepciona, eiichi... um beijo.