Monday, January 15, 2007

Enquanto a cidade dorme

Enquanto a cidade dorme
rememoro
enxovalhados pensamentos
olho o asfalto e as luzes,
mas não vejo nada
- tudo que vejo é nada -
um coletivo
duas ou três pessoas
um cachorro,
idas e voltas

a cidade dorme
e não posso adormecer também

Edinara Leão

http://edinaraleao.blogspot.com/
...

1 comment:

mary said...

E eu aqui, insone... ;)

Belos poemas.

Bjuss