Friday, January 19, 2007

Princípios

Tecem a vida
As manhãs
E as horas
Tuas mãos
Tecem
A lã
Silenciosa do dia
Ocultas
Tecem
A teia
O pescador
E a rede
E destinos
Que se estendem
Nesse mar-tempo.

Ana Maria Costa

http://amnascentes.blogspot.com/
...

4 comments:

Ana Maria Costa said...

Wilson,
Grata por trazer meu poema. O blog tem excelentes trabalhos, parabéns!
Abraços!

zingarah said...

Lindo texto!

diovvani said...

Wilson, sua mira poética continua afiada. Muito bom, ver por aqui um poema da Ana. AbraçoDasGerais.

diovvani said...

Desculpe.
Bom, acho que confundi a "Ana", mas de qualquer forma esta Ana também sabe das coisas.