Friday, February 09, 2007

A minha...

A minha
vida
estreita,
espreita
esperas.
Respira...
Suspira
Inspira
Retém.
Refém
dos teus
passos,
minha alma
já não voa,
caminha.
Lenta,
arrasta
horas
e asas

Míriam Monteiro

3 comments:

Anonymous said...

Wilson:
Não encontro palavras capazes de traduzir a alegria, a honra de ter um meu poema publicado aqui, nesse teu espaço tão belo, tão pleno de Poesia...
Muito obrigada...
Meu beijo e o meu carinho,

Míriam Monteiro - http://migram.blog.uol.com.br

Aline said...

Gosto muito de verbos poético.

:*

livia said...

Oi Wilson,conhecendo o teu espaço.Esta reunião de autores é legal.Poesia de boa qualudade .Voltarei mais vezes.