Thursday, January 31, 2008

2 do Erly Welton Ricci

Notas para um poema

- Esparta parte
em 300 mitos

- Espere a chuva
na janela

- E o circo
entre ela

- Nenhuma outra
lava a pedra lavrada

- Alma de pedra
na calçada

- Muro de ossos
e de espada

- Argamassa
é a carne
arremessada

- & a chuva já
não lava nada

- Enchurrada
carrega a alma

- lagoa de mitos
assoreada

***

*Hipóstase (substance unknown)

há metafísica na árvore e em cada semente lançada ao solo
há metafísica na terra, na curva das estrelas e na roupa do varal
há metafísica na ética e na política, no dinheiro ou na palavra
há metafísica nos olhos e nas manhãs, nas estradas e avenidas
no ócio e no trabalho há metafísica
há metafísica na grama molhada
há metafísica no medo ou na coragem
na pudicícia ou na realidade
no espaço no tempo ou na causa da cidade
porque nós
dentre as espécies
somos a que nada sabe

Erly Welton Ricci


*Hipóstase, do grego hypostasis, significa subsistência, realidade. Na filosofia de Plotino, Deus se deriva em três hipóstases: Uno, nous (Inteligência) e alma, que ele comparava também, respectivamente, com à luz, ao sol e à lua. O termo também é encontrado entre os gnósticos. Um dos livros da biblioteca de Nag Hammadi se chama "A Hipóstase dos Arcontes".

A transcrição latina para Hipóstase é "substância", que, todavia, foi utilizada pela tradição filosófica com significado totalmente diferente do que a utilizada por Plotino. No sentido contemporâneo, é utilizado de maneira pejorativa, porém raramente. Dessa maneira, indica a transformação de um ser em um ente.

fonte:
Wikipedia - A Enciclopédia Livre

1 comment:

CeciLia said...

A minha
alma
de pedra
é lava
e leva
milênios
para
esfriar.

É leva
de gentes
é liga
de tanto
metal
e sonho.

Gosto de ler-te
- pedra e poema -
ao renascer.

Abraços